banner tuitao.png
faixa pincelada azul.png
a dialise pede socorro.png

DIA D DA DIÁLISE   25 DE AGOSTO

Pacientes renais enfrentam a
maior crise das clínicas de diálise

Cofinanciamento por estados e municípios pode garantir a qualidade assistencial de quase 150 mil pessoas, que sofrem de doença renal crônica, e a sobrevivência das clínicas conveniadas ao Sistema Único de Saúde, mas apenas três estados colaboram.

Cerca de 150 mil pacientes renais crônicos, que fazem tratamento de diálise nas mais de 840 clínicas espalhadas pelo Brasil, estão, no dia 25 de agosto, o Dia D da Diálise, em luta pela garantia do tratamento. A mobilização é uma iniciativa da Associação Brasileira dos Centros de Diálise e Transplante – ABCDT, para sensibilizar os governantes e a sociedade sobre a grave crise financeira enfrentada pelas clínicas de diálise que prestam serviço ao Sistema Único de Saúde (SUS).

 

Nos últimos quatro anos, a crise se intensificou e muitos temem que suas unidades fechem as portas ou deixem de atender pacientes encaminhados pelo SUS, como já vem acontecendo em algumas cidades. Somente nos últimos seis anos, 40 clínicas não conseguiram se manter e foram à falência no país por causa de repasses insuficientes. Dependendo do porte da clínica, os valores recebidos pela prestação de serviços estão de 36% a 49% abaixo do custo real do tratamento.


842
CLÍNICAS DE DIÁLISE


144 MIL
PACIENTES RENAIS NO BRASIL


710
UNIDADES PRIVADAS


123 MIL
PACIENTES ATENDIDOS PELO SUS


5%
DOS 144 MIL PACIENTES RENAIS FAZEM DIÁLISE PERITONEAL


7%
APENAS DOS MUNICÍPIOS BRASILEIROS POSSUEM CLÍNICAS DE DIÁLISE

CAMPANHA VIDAS IMPORTAM 2022

Logo Vidas Importam.png

Com a reivindicação de um tratamento de qualidade e acesso para todos os renais crônicos, a Associação convoca clínicas, profissionais da área, pacientes e familiares para aderirem à campanha #adialisenaopodeparar.  Peças de divulgação com apoio à causa, curiosidades e depoimentos de pacientes estão sendo divulgados aqui em nosso site, no FB @VidasImportam e no IG @vidasimportam.

 

O ‘Dia D’ da Diálise é realizado pela Associação Brasileira dos Centros de Diálise e Transplante (ABCDT) com o apoio da Sociedade Brasileira de Nefrologia (SBN), a Associação Brasileira de Enfermagem em Nefrologia (SOBEN), a Federação Nacional de Associações de Pacientes Renais e Transplantados do Brasil (FENAPAR), a Aliança Brasileira de Apoio à Saúde Renal (Abrasrenal), a Associação Brasileira da Indústria de Soluções Parenterais – ABRASP, a Confederação Nacional de Saúde – CNSaúde e Federação Brasileira de Hospitais – FBH.

faixa foto.png
Selo Eu voto pela vida.png
redesocial.png

A ABCDT

A Associação Brasileira dos Centros de Diálise e Transplante (ABCDT) é uma entidade de classe sem fins lucrativos que representa institucionalmente as clínicas privadas de nefrologia de todo o país. Criada há 32 anos, a ABCDT atua na defesa da qualidade do atendimento dialítico brasileiro, por meio de uma remuneração justa da terapia renal substitutiva; representando as clínicas de diálise e transplante nos fóruns nacionais e nas negociações com entes públicos e privados. Atualmente, há cerca de 800 centros de diálise atuantes no Brasil que, juntos, atendem quase 150 mil doentes renais crônicos. E 85% destes pacientes são tratados em clínicas privadas conveniadas ao Sistema Único de Saúde. A ABCDT atua também na esfera judicial, defendendo os interesses das associadas. Outro importante foco de trabalho é desenvolvido em parceria com diversas associações de pacientes, visando um atendimento digno ao doente renal.

REALIZAÇÃO:

 

APOIO:

 

logos parceiros.png
logos parceiros.png